ÔĽŅ topo.php
ÔĽŅ
>> Incaper - Instituto Capixaba de Pesquisa, AssistÍncia Tťcnica e Extens„o Rural >>
Incaper

Samuel, Fernando, João Marcos e Fabíola (à esq.) são os novos integrantes da equipe do Geobases. À direita, Enio Bergoli, Evair Vieira de Melo e Leandro Feitoza.

Incaper recebe novos servidores e investimentos para gest√£o do Geobases

13/08/2013 - 11h19min


O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assist√™ncia T√©cnica e Extens√£o Rural (Incaper) acaba de se consolidar como o √≥rg√£o de Ci√™ncia e Tecnologia gestor do Sistema Integrado de Bases Geoespaciais do Estado do Esp√≠rito Santo (Geobases). Uma equipe formada por quatro profissionais da √°rea de geoprocessamento acaba de ser contratada, por meio de concurso p√ļblico, para atuar em Sistemas de Informa√ß√£o Geogr√°fica (SIG) na Unidade Central de Gest√£o do Geobases, gerenciada pelo Incaper.

‚ÄúEssa foi a medida mais importante para a continuidade do projeto que possui grande dimens√£o e intera√ß√£o multiinstitucional e multidisciplinar. Havia necessidade de nomea√ß√£o de profissionais efetivos em SIG desde que a gest√£o do Sistema foi para o Incaper, em junho de 2010. Os quatro profissionais contratados foram Fernando Soares de Oliveira, Jo√£o Marcos Augusto Chipolesch, Samuel Martins da Costa Coura e Fab√≠ola Angela Ferrari. Atualmente, o Geobases √© integrado e apoiado por 110 institui√ß√Ķes‚ÄĚ, informou o coordenador t√©cnico do Geobases, Leandro Feitoza.

Ele reiterou que essa medida revela o apoio de autoridades p√ļblicas do Governo do Esp√≠rito Santo para o Geobases. ‚ÄúDevemos prestar os devidos agradecimentos ao governador Jos√© Renato Casagrande e seu vice, que sob a interveni√™ncia do secret√°rio de Estado da Agricultura, Enio Bergoli da Costa possibilitaram a continuidade do Geobases, sistema j√° em pleno uso no Estado‚ÄĚ, afirmou Leandro.

O diretor-presidente do Incaper e secret√°rio executivo do Geobases, Evair Vieira de Melo, e o diretor t√©cnico, Aureliano Nogueira da Costa, destacam que o secret√°rio de Estado de Economia e Planejamento, Robson Leite, o secret√°rio de Estado de Gest√£o e Recursos Humanos, Aminthas Loureiro J√ļnior e o secret√°rio de Estado do Governo, Tyago Hoffman, tiveram papel fundamental nesta atual fase de fortalecimento deste Sistema.


Novos investimentos

Al√©m da contrata√ß√£o de profissionais, novos investimentos est√£o sendo feitos no Geobases. Por ser um projeto de muita tecnologia e que suscita diversas solicita√ß√Ķes de desenvolvimento de facilidades para uso do sistema por parte de seus usu√°rios, ap√≥s a fase de implementa√ß√£o conclu√≠da em meados deste ano, o Geobases passou a depender de apoio constante para a sua evolu√ß√£o tecnol√≥gica. ‚ÄúNesse sentido, o Estado, por meio do Incaper, disponibilizou recursos para a contrata√ß√£o de servi√ßos para a manuten√ß√£o corretiva e evolutiva do Sistema. O termo de refer√™ncia est√° em discuss√£o para que esse assunto entre em opera√ß√£o j√° este ano‚ÄĚ, afirmou Leandro.


Outra medida importante de investimento no Geobases √© o apoio que ele recebe do pr√≥prio poder p√ļblico para armanezamento de sua base de dados no Data Center do Estado, operado sob a gest√£o do Prodest. ‚ÄúHoje, por exemplo, o Estado, sob a coordena√ß√£o do Iema, est√° fazendo um novo voo aerofotogram√©trico cobrindo todo o territ√≥rio capixaba, o que vai gerar v√°rios subprodutos que ser√£o incorporados ao Geobases. Para o melhor aproveitamento desse servi√ßo de interesse geral, o Sistema dependia de amplia√ß√£o na capacidade de armazenamento para abrigar esse novo volume de dados, o que foi solucionado pelo diretor-presidente do Prodest, Victor Murad, com base em conv√™nio j√° existente com o Incaper‚ÄĚ, explicou Leandro.


Evolução do Geobases

O Geobases facilita a pr√°tica da coopera√ß√£o m√ļtua no compartilhamento e padroniza√ß√£o de informa√ß√Ķes geoespaciais de m√ļltiplo uso e difunde o uso de Sistema de Informa√ß√Ķes Geogr√°ficas (SIG) na gest√£o p√ļblica estadual. Esse sistema tem agilizado o uso, acesso e jun√ß√£o de dados, al√©m de reduzir esfor√ßos na produ√ß√£o e sistematiza√ß√£o de informa√ß√Ķes, bem como no gasto, tempo e risco com deslocamento de t√©cnicos ou de equipes do setor p√ļblico.

Esse sistema permite, por interfaces personalizadas, que diferentes profissionais executem, em conjunto e online, trabalhos que envolvam geoespacializa√ß√£o de informa√ß√Ķes numa forma in√©dita e nunca antes exercitada na gest√£o p√ļblica deste Estado.

O Geobases evoluiu at√© o momento, passando por dois grandes est√°gios. O primeiro deles foi a constru√ß√£o de uma base de dados geoespaciais com mais de 400 camadas de informa√ß√Ķes, tais como localiza√ß√£o de escolas, limites municipais, estradas, rios e energia el√©trica e outras, de uma forma cont√≠nua, cobrindo todo o Estado. O segundo foi a sua disponibiliza√ß√£o, via web, para que o sistema possa ser utilizado online pela sociedade. Atualmente, muitos √≥rg√£os do governo j√° se utilizam do Geobases para executar seus trabalhos e tamb√©m para disponibilizar ao p√ļblico em geral os novos dados que foram produzidos por meio dele.

Ao atingir esse est√°gio, cada cidad√£o passou a ter a capacidade de, por meio do Geobases, se tornar autor de dados geogr√°ficos. ‚ÄúUma vez atingida essa capacidade, estamos diante da possibilidade de partir para um novo est√°gio, que √© a viabilidade de concretizar cadastros de unidades em n√≠vel de propriedades e de aprimorar online o endere√ßamento postal rural e urbano por geocolabora√ß√£o entre institui√ß√Ķes, tais como Incaper, Idaf, Correios (ECT/ES), Pol√≠cia Militar e Prefeituras que possuem rede de servidores distribu√≠dos por todo Estado‚ÄĚ, informou Leandro.

Ele tamb√©m disse que as informa√ß√Ķes cadastrais referentes √† localiza√ß√£o de propriedades e endere√ßamento postal colocar√£o o Esp√≠rito Santo numa posi√ß√£o de vanguarda nesta atividade no pa√≠s e, como conseq√ľ√™ncia, representar√£o mais um passo na evolu√ß√£o da organiza√ß√£o de informa√ß√Ķes geoespaciais territoriais do Estado do Esp√≠rito Santo.

Para dar celeridade √† expans√£o desses trabalhos de ordem cadastral e endere√ßamento, √© necess√°ria a forma√ß√£o, com o apoio do Estado, de um grupo de profissionais exclusivos para serem multiplicadores desse servi√ßo de evolu√ß√£o organizativa nas informa√ß√Ķes geoespaciais. ‚ÄúUma soma de esfor√ßos das autoridades do Estado focada como estudo piloto de utilidade para todo o pa√≠s no tocante ao georreferenciamento do cadastro e endere√ßamento postal, teria um grande impacto positivo na evolu√ß√£o organizacional da sociedade capixaba de modo geral e em especial na inclus√£o e acompanhamento dos que se localizam distantes de qualquer estrutura estatal‚ÄĚ, disse Leandro.

No caso do Cadastro √önico que visa a reunir informa√ß√Ķes obtidas pelas prefeituras dos mais de 5,5 mil munic√≠pios do pa√≠s e com a responsabilidade de localizar as pessoas que se encontrem na classe de extrema pobreza, o preenchimento e armazenamento de seus dados no Estado poder√° ser facilitado por esse sistema aqui existente que permite a carga online dos dados de inclus√£o das fam√≠lias em seu banco de dados geoespaciais e numa organiza√ß√£o tal que possibilita o acompanhamento posterior de cada uma delas. A Diretoria Regional da Empresa Brasileira de Correios e Tel√©grafos (ECT/ES) √© uma grande conhecedora do assunto endere√ßamento postal no Estado e o Geobases configura-se em um ambiente prop√≠cio para a realiza√ß√£o desses servi√ßos de geocolabora√ß√£o e disponibiliza√ß√£o de dados para o grande p√ļblico.


Informa√ß√Ķes √† imprensa:
Assessoria de Comunica√ß√£o ‚Äď Incaper
Juliana Esteves - juliana.esteves@incaper.es.gov.br
Luciana Silvestre - luciana.silvestre@incaper.es.gov.br
Carla Einsfeld ‚Äď assessoria.imprensa@incaper.es.gov.br
Texto: Luciana Silvestre
Tel.: 3636-9865/3636-9868/8849-6999
Twitter: @incaper
Facebook: Incaper

Rua Afonso Sarlo, 160 - Bento Ferreira - Vitória - Espírito Santo - CEP.: 29052-010 - Tel: 27 3636-9888
CGC/MF 27.273.416/0001-30 - INSC. ESTADUAL: 08063835-0
©2011 Incaper. Todos os direitos reservados. Fale com Webmaster